Artigos e notícias

Entrevista a Núria Guzmán Sanjaume

Publicado por B de Brincar em

Entrevista a Núria Guzmán Sanjaume

A importância dos jogos de tabuleiro para o desenvolvimento infantil foi o tópico para a entrevista que realizamos a Núria Guzmán Sanjaume, especialista espanhola em Neuropsicologia e Educação. A entrevista foi originalmente feita em espanhol, pelo que publicamos, em simultâneo, a versão em português. Para quien aún no la conoce, ¿nos puede hablar un poco sobre su trabajo? Para quem ainda não a conhece, pode-nos falar um pouco sobre o seu trabalho? Soy psicóloga, Máster e Neuropsicología y Educación. Mi trabajo lo realizo en consulta privada de psicología atendiendo especialmente a necesidades educativas, cognitivas y emocionales de niños, niñas, jóvenes...

Ler mais →

A de Aprender, B de Brincar, C de Crescer

Publicado por B de Brincar em

A de Aprender, B de Brincar, C de Crescer

Brincar devia ser levado muito mais a sério. É a brincar que as crianças aprendem e crescem saudavelmente. Brincar é imprescindível para o desenvolvimento cognitivo, emocional e social das crianças. Mas esta atividade tão importante é quase sempre menorizada e secundarizada em prol das atividades escolares e extra-curriculares. O que é um erro! Brincar deveria ser obrigatório, sem nunca o ser. Brincar devia ser algo de muito mais livre, sem a recorrente interferência condicionadora dos adultos que tantas vezes castram os desejos e apagam os sonhos das crianças. É a brincar que as crianças aprendem a empatia colocando-se no papel...

Ler mais →

Entreter dentro de casa: Jogos de tabuleiro vs Jogos eletrónicos – quem ganha?

Publicado por B de Brincar em

Entreter dentro de casa: Jogos de tabuleiro vs Jogos eletrónicos – quem ganha?

Com o frio lá fora, a brincadeira costuma fugir (mais) para dentro de casa. E muitos pais colocam, à partida, várias questões. Como vou tirá-lo de frente da televisão? Como vou desligá-lo da consola? Como o convenço a fazer outras atividades? Será que o consigo manter quieto? E satisfeito? Vou contar-lhe uma espécie de segredo. Durante algum tempo questionei-me sobre um fenómeno transversal a quase todos os meus clientes, desde os mais pequenitos aos adolescentes. Olhando para o armário onde guardo livros e jogos, praticamente todos eles me perguntavam (e continuam a perguntar) se podiam jogar xadrez, damas, scrable, 4...

Ler mais →

Em busca do puzzle esquecido!

Publicado por Carlos Ramos em

Em busca do puzzle esquecido!

Quem já não brincou com puzzles? Mais ou menos complexos, com mais ou menos peças, de madeira ou de cartão,… as alternativas são imensas e intemporais. E para todas as idades! Mas montar um puzzle é mais do que uma boa forma de passar o tempo. As competências necessárias para o fazer envolvem aspectos importantíssimos para o desenvolvimento de uma criança: Ajudam a aumentar o conhecimento do mundo em redor Os motivos de um puzzle podem ser tantos e tão diferentes que, frequentemente, o único critério de escolha dos pais é o seu grau de complexidade. No entanto, o tema...

Ler mais →

4 mitos sobre jogos de tabuleiro

Publicado por Carlos Ramos em

4 mitos sobre jogos de tabuleiro

Os jogos de tabuleiro modernos parecem estar a ter, actualmente, mais visibilidade fora da "comunidade gamer". No entanto, ainda subsistem sobre si algumas ideias pré-concebidas, algumas das quais não correspondem exactamente à realidade: 1. Os jogos de tabuleiro são apenas para crianças Se é verdade que há inúmeros jogos destinados apenas a crianças, há muitos outros que não o são. Podemos, actualmente, encontrar com facilidade jogos de tabuleiro que, pelo sua complexidade e/ou temática, se destinam a um público mais velho. Por outro lado, muitos jogos podem (e devem, na nossa opinião) ser jogados em família, unindo gerações à volta...

Ler mais →